domingo, 21 de agosto de 2011


hope

O coração magoado que carrego dentro de mim não é culpa da vida, não é culpa tua, não é culpa do tempo. Eu deixei de ter medo de cair, acredita. Eu não preciso de me proteger do frio que destrói a rua até mesmo nas noites mais bonitas. Eu sou aquela que errou porque teve preguiça, eu sou aquela que sofreu porque quis. Torno-me inteiramente responsável pelos meus próprios actos e danos. E esta cabeça que agora dói é fruto das pancadas que criei contra mim mesma. E este coração magoado é um enigma eterno, mas não foi o amor que o magoou mas sim a fuga dele. O calendário gira todos os dias, mas o tempo já não me ofende mais . Eu sou aquela que espancou seus próprios sonhos porque não acreditou que o destino a levasse a um lugar que poderia ser bom. Eu também não espero nada dos outros. Ainda tenho medo do que sou. Mas apesar de tudo continuo a ter dentro de mim , em todas as veias que percorrem o meu corpo a esperança , porque acredito que por mais longos que sejam os caminhos a ser percorridos , todos levam a um lugar que merece ser conquistado .

WorldHallucinate



10 comentários:

  1. identifiquei-me imenso ao ler o texto. está lindo, não faria melhor.

    ResponderEliminar
  2. nossa
    momento de inspiração extremo

    me identifiquei

    e poxa
    senti daqui o texto...na carne


    bjão viu

    ResponderEliminar
  3. Adorei, tens um talento enorme para a escrita.
    é pena que palavras tão bonitas sejam também tão tristes. Mas apesar de tudo, adorei o texto, e o blog..escreves com todo o sentimento.
    Sigo

    ResponderEliminar
  4. Também gostei muito do texto, da sentimentalidade com que foi escrito, como que uma reflexão sobre si mesmo, sobre as próprias acções. E gostei em especial da última frase, porque dá que pensar :)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  5. Sim! As vezes o caminho é longo porque há muitas flores a serem colhidas no trajeto, muitas pedras que calejarão nossos pés tornando-os mais resistentes, muitos rostos para guardar. Sobretudo, muito em nós para amadurecer para que no fim do caminho cheguemos mais experientes e merecedores de todas as graças!

    Bjs, muito forte e muito corajoso tudo o que escreveu, impossível não identificar-se!


    Luiza
    www.barracodevidro.blogspot.com

    ResponderEliminar
  6. que arte. que arte de escrita te preenche. gostei tanto : )) deliciei-me, na verdade e adoro e vou seguir, o teu talento merece ser lido!
    beijinho com amor

    ResponderEliminar
  7. adorei. parecia ter quase sido escrito por mim mas com o teu enorme talento. continua*

    ResponderEliminar
  8. Liliana,

    Assumir os erros é a condição primeira para enfrentares cada minuto com a certeza de que todos os minutos da vida serão vencidos com sucesso e sem hesitação!

    Beijos,
    AL

    ResponderEliminar

O que achas do meu blog ?